Estarmos Alerta !

Neste universo permacultural preconiza um princípio que a Permacultura lida com soluções em vez de problemas. Sim, chega de focar nos problemas, temos que por a cabeça pra pensar e a mão na massa. Mas  não podemos nos omitir socialmente e planetariamente, precisamos nos unir para estarmos alertas juntos, e assim diminuir mos na prática os impactos humanos que estamos causando em prejuízo do Planeta Terra com um todo , bem como os impactos contra a natureza ao nosso redor, em nossa comunidade local.colapso

Ecossistemas em colapso

Segundo os relatórios do Pnuma [Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente], do WWF e de outros, já estamos consumindo mais de 25% além da capacidade de reposição da biosfera planetária. É um déficit que está aumentando de ano para ano. As previsões do Pnuma são de que em meio século a exigência humana sobre a natureza será duas vezes superior à capacidade de reposição da biosfera e é provável a exaustão dos ativos ecológicos, assim como o colapso dos ecossistemas em larga escala. Na verdade estamos nos comportando como uma família que consome mais do que seu orçamento permite – ela não tem essa disponibilidade e caminha para situações muito graves.

Essa pressão cada vez maior intensifica a desertificação no mundo, hoje já de cerca de 60 mil quilômetros quadrados a cada ano, agravando a crise da água e várias outras. A chamada pegada ecológica média é de 2,2 hectares por pessoa, quando a disponibilidade média é de 1,8 hectare. Não há essa disponibilidade. O Brasil tem uma situação relativamente privilegiada por causa de seu território e recursos, mas a pegada média brasileira é de 2,1 hectares por pessoa/ano, superior à disponibilidade média mundial. Algumas das consequências desse uso excessivo são a perda de espécies tropicais e a degradação dos manguezais, em ritmo duas vezes superior ao das florestas. Continuamos a perder no mundo 12 mil quilômetros quadrados de florestas por ano. Na América do Sul a perda dos manguezais, que são o berço da vida no oceano, é mais grave que no restante do mundo e seu principal fator é a conversão de áreas para agricultura. Outro é a pesca excessiva, que já exauriu um quarto dos estoques pesqueiros mundiais.

Essa pressão leva também a problemas na área dos recursos hídricos, em que há uma alteração e retenção forte do fluxo fluvial para vários usos, industrial, para energia ou abastecimento humano. Mais de metade dos maiores sistemas fluviais no mundo já se fragmentaram e a quantidade de água armazenada em reservatórios é pelo menos três vezes maior do que a do fluxo fluvial superficial. Um estudo da Comissão Mundial de Barragens informa que só de barragens com mais de 15 metros de altura temos 45 mil no mundo e já há muitos grandes rios que não conseguem chegar ao final de seu curso primitivo, que seria o mar. Exemplo disso é o rio Amarelo, na China, e vários outros, como os que correm para o mar de Aral, na Ásia, e rios nos Estados Unidos também.

Isso se torna mais dramático ainda se observarmos que os países industrializados, com menos de 20% da população mundial, respondem por quase 80% do consumo dos recursos. Dizem os relatórios do PNUD [Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento] que se todas as pessoas consumissem como americanos, japoneses e europeus, teríamos necessidade de mais dois ou três planetas Terra para suprir os recursos. Então não é exagero dizer que estamos vivendo uma crise do padrão civilizatório. Nossos modos de viver são incompatíveis com os recursos do planeta, mesmo com quase 1 bilhão de pessoas passando fome e 2,5 bilhões vivendo abaixo da linha da pobreza. Com o agravante de que até meados deste século, segundo os demógrafos da ONU, a população passará dos atuais 6,7 bilhões para 8,5 ou 9 bilhões de pessoas, embora a taxa de natalidade no mundo tenha baixado muito. O Brasil já tem uma taxa de nascimentos inferior ao que seria a chamada taxa de reposição, a substituição das pessoas que morrem.

2 comentários sobre “Estarmos Alerta !

  1. É uma infelicidade perceber o quanto as pessoas são facilmente manipuladas para serem consumidores compulsivos. Quem controla as midias, principalmente tvs e rádios, são apenas empressários buscando lucro, não tem percepção do mundo em que vivem, falta-lhes uma ética. A vida na terra pertence a todos os seres vivos, cabendo ao homem usar sua inteligencia para buscar a preservação a todo custo.

  2. Concordo com tudo que disse e exatamente assim que penso fui ao Para em algodoal e voltei muito triste como os moradores da ilha de maiandeua sao escravisados pela midia pelo SEMMA que chegam para reprimir e nao para educar ensinar , bebem agua contaminada por coliformes fecais por nao poderem construir uma fossa pois o orgao SEMMA proibe,mas poluem a praia em toda sua extensao gostaria de um dia ir ate como voluntaria desse progeto para ajuda-los principalmente como tratarem sua agua para consumo como para nao viverem em meio a tantas doencas e colocar o meio ambiente tao vuneravel.Gostaria do modelo do banheiro a seco em portugues.Att. atenaide Maiandeua pede socorro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s